Dicas de Novembro

Compilados Quinzenais | Featured | Indicações | Livros

Por Flora Finamor Pfeifer em novembro 13, 2020

Preparamos algumas recomendações e referências do ecossistema de ciências comportamentais do último mês, com sugestões de posts, livros, sites e eventos. O compilado da vez terá uma divisão diferente, separado por temas. Confira nossa seleção!

Eleições e polarização

Eleições 2020: últimos dias para votar – Confira a parcial – Economus – 2020

Face a recente eleição nos EUA e as eleições brasileiras neste próximo domingo, política, votos e polarização tem sido temas muito discutidos – e ainda mais na comunidade de ciências comportamentais. Confira algumas análises interessantes sobre tal conjuntura:

Tom Tasche fala sobre estratégias de mobilização de votantes no cenário dos EUA, em especial, face as mudanças de votação em razão do COVID-19 (https://behavioralscientist.org/were-all-new-voters-now/ ). Também trata deste assunto a reportagem da CNN (https://edition.cnn.com/2020/10/10/opinions/us-elections-five-steps-voter-turnout-nickerson-rogers/index.html )

Aqui, um guia para iniciar conversas em tópicos polarizados: https://behavioralscientist.org/conversations-on-polarizing-topics-are-possible-if-youre-up-for-it-heres-how-to-start/

COVID-19, como lidar com incertezas e vacina

Saúde: Campanha de vacina contra a gripe termina nesta terça-feira -  Agência Estadual de Notícias

Participantes em estudo psicológico com 50% de chances de levar um choque demonstravam ficar mais estressados do que os com 100% de chances – a incerteza era a causa da ansiedade, mais do que a consequência em si. Tal resposta biológica é uma consequência da evolução de nossa espécie. No entanto, a tecnologia reduz nossas incertezas e acabamos ficando menos “treinados” no assunto – e, portanto, mais ansioso quando as situações ocorrem. Nos últimos meses experenciamos incertezas em escala global. Confira aqui dicas práticas para lidar com estes cenários, por Yael Schonbrun e Barry Schwartz:  https://behavioralscientist.org/how-practical-wisdom-helps-us-cope-with-radical-uncertainty/

As respostas governamentais ao COVID-19 variaram muito de contexto pra contexto. Como os países do sul global responderam? Confira este compilado com perspectivas ao redor do mundo, incluindo as respostas de São Paulo e Rio de Janeiro: https://behavioralscientist.org/dispatches-from-the-behavioral-scientists-fighting-coronavirus-in-the-global-south/

Com o avanço do desenvolvimento da vacina do COVID-19, uma discussão comportamental torna-se especialmente relevante: como fazer com que as pessoas de fato se vacinem? Tal questão caracteriza-se como um problema de “reta final” (ou “última milha”): o componente técnológico da solução foi desenvolvido, mas um pequeno fator final no processo faz com que a aplicação não seja cumprida. Essa peça da Behaviora Scientist, por Michael Hallsworth e Alison Buttenheim, cita algumas barreiras comportamentais à vacinação: https://behavioralscientist.org/challenges-facing-a-covid-19-vaccine-a-behavioral-science-perspective/

Desenvolvimento pessoal

Peça no Behavioral Scientist defende a aplicação de “auto-nudges”. Pelo conceito, os autores entendem “boosts” para potencializar as competências individuais e empoderar as pessoas a desenhar seus prórpios ambientes de decisão e, dessa forma, escolher como e se aplicar nudges a elas mesmas. Por Ralph Hertwig e Samuli Reijula. https://behavioralscientist.org/creating-citizen-choice-architects/

Aqui, fala-se sobre organização pessoal e gerenciamento de tempo, por Ashley Whillans: https://behavioralscientist.org/time-confetti-and-the-broken-promise-of-leisure/

Ensaio interessantissimo sobre esperar – seus significados, a importância deste tipo de momento e dicas sobre como tornar a espera mais agradável. https://psyche.co/guides/how-to-think-of-waiting-as-a-chance-to-reinvent-the-future

Também sobre o assunto, o livro Give Yourself a Nudge, de Ralph L. Keeney, Professor da Universidade de Duke. Confira aqui a resenha:  https://psychologycorner.com/give-yourself-a-nudge-book-review/

Insights Comportamentias em Organizações e Políticas Públicas

SURVEY: resultados de uma survey global com organizações que aplicam insights comportamentais (https://behavioralscientist.org/who-is-doing-applied-behavioral-science-results-from-a-global-survey-of-behavioral-teams/ ). Acesse o site da  survey para mais informações: https://www.behavioralteams.com/report/

LIVRO: O recém lançado livro de Hallsworth e Kirkman, funcionários do Behavioral Insights Team é imperdível para quem aplica insights comportamentais em organizações. Traz detalhes da criação do BIT e do moviemnto de BPP pelo mundo, dicas práticas da condução de projetos, com exemplos bem claros de como aplicar tais insights, além de provocações e reflexões sobre o campo. Não deixe de conferir!

Behavioral Insights (2020) – Michael Hallsworth e Elspeth Kirkman – The MIT Press Essential Knowledge Series

LIVRO: No último mês Cass Sunstein lançou um livro discorrendo sobre a aplicação de ciências comportamentais em políticas públicas, com destaque para relevantes temas como mudança climática, COVID-19 e discriminação. https://www.cambridge.org/core/elements/behavioral-science-and-public-policy/13D1F3EDA08E6446EADBFAF838606F91

COMPILADO: resumo rápido das conclusões de 225 estudos apresentados no North East Universities Development Consortium annual conference, no início do mês. Confira o que há de novo no campo de economia do desenvolvimento. Interessantíssimo! https://www.cgdev.org/blog/whats-latest-research-development-economics-round-neudc-2020

ENSAIO: Quando quebrar uma regra? Essa peça traz uma interessante reflexão sobre julgamento e discricionariedade: https://aeon.co/essays/judgment-is-an-exercise-in-discretion-circumstances-are-everything

EVENTO: Que tal nesta sexta ter um Happy Hour diferenciado? Hoje rola o Meetup Up de economia ciência comportamental aplicada – São Paulo sobre UX Research e Behavioral Design. A convidada, diretamente de Portugal, é Tania Ramos. Tania é UX Researcher na Outsystems, empresa líder em plataformas de desenvolvimento de aplicações low code. Tania tem doutorado em Cognição Social pelo ISCTE e Universidade de Santa Barbara e foi pesquisadora na New York University. Em 2017, recebeu o prémio de melhor artigo do ano publicado na revista Psicologica pela Sociedade Espanhola de Psicologia Experimental. Confira seu blog para saber mais: essentiallypsychology.com. Inscrições em: https://tinyurl.com/MeetUpTania.

EVENTO: No início da semana ocorreu o Sétimo Encontro Brasileiro de Economia e Finanças Comportamentais da FGV, este ano realizado virtualmente. As gravações já estão disponíveis no youtube! (https://www.youtube.com/watch?v=Iui0zNBqNjE&feature=emb_logo)

Em especial, confira a apresentação de nossas colaboradoras Flora Finamor Pfeifer e Tainá Pacheco, com a apresentação de um experimento de campo realizado no município de São Pualo para aumentar o pagamento de IPTU em atraso por meio de nudges na comunicação com o contribuinte (https://www.youtube.com/watch?v=49zjkP-_prE&t=139s).

Inteligência Artificial para melhores decisões

O Grupo de Insights Comportamentais da Universidade de Harvard, Harvarg BIG, organizou uma palestra sobre a necessidade de ciências comportamentais aplicass à inteligência artificial com o Professor de Stanford James Guszcza (Human Centered AI: Why AI Needs Behavioral Science).

O professor mostrou como a AI pode ser melhor aplicda para facilitar o raciocínio do “sistema 1” ou aperfeiçoar decisões do “sistema 2”, reforçando a necessidade de um processo colaborativo entre máquinas e humanos. A gravação estará disponível na página do twitter do grupo.

James Guszcza - Analytics 2019

Se interessou pelo tema? Confir aqui uma peça na Behavioral Scientist sobre o assunto, por Tobias Baer: https://behavioralscientist.org/how-algorithms-can-fight-bias-instead-of-entrench-it/ Também nessa linha, este outro artigo, por Edmond Awad, fala sobre dilemas éticos e morais da programação de algoritmos, https://behavioralscientist.org/why-we-should-crowdsource-ai-ethics-and-how-to-do-so-responsibly/ A peça cita uma plataforma que coleta julgamentos sobre dilemas morais (https://www.moralmachine.net/hl/pt) e as conclusões a partir das respostas.

Carreira e Perspectivas

O site Money on the Mind está fazendo uma série de entrevistas com 10 profissionais da nova geração de ciências comportamentais. Confira aqui o primeiro post da série: https://www.moneyonthemind.org/post/meet-the-next-gen

A iniciativa da Universidade de Penn, The Behavior Change for Good, está contratando dois assistentes de pesquisa para trabalhar com as professoras @katy_milkman e @angeladuckw em mega estudos para promover a mudança comportamental. Início em junho 2021. Ideal para quem estáconsiderando um PhD na área (https://bit.ly/3lnBeZ0/ https://bit.ly/2Uj6gpi)

Angela Duckworth and Katy Milkman on Behavior Change - YouTube

Obrigada por chegar até aqui. Nos vemos no próximo compilado!

O levantamento que você acabou de ler não é exaustivo. Acha que tem alguma coisa que ficou de fora e que outras pessoas iriam gostar de saber? Mande uma mensagem pra nós pela página do Facebook (https://www.facebook.com/economiacomportamental/), e-mail grupoeconomiacomportamental@gmail.com ou comente aqui no post!

Vamos adorar incluir sua dica no próximo compilado!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *