Dicas de livros para as férias de janeiro

Indicações | Livros

Por Flora Finamor Pfeifer em janeiro 17, 2019

Férias e começo do ano, a gente tem aquele tempinho e motivação extra para começar um novo livro, né?! Interessado nas ciências comportamentais? Confira essas sugestões de livros que preparamos:

This is Your Brain on Sports: The Science of Underdogs, the Value of Rivalry, and What We Can Learn from the T-Shirt Cannon
L. Jon Wertheim and Sam Sommers
Paperback, 2017 (ainda sem tradução em português)

Neste divertido livro, os autores explicam, através de exemplos do mundo dos esportes, fatores comportamentais associados. Vi muitos dos conceitos que já conhecia nas pesquisas de economia comportamental aplicados em diversas situações do “dia a dia” dos esportes. Eles discorrem sobre exemplos de comportamentos tanto dos atletas, como dos técnicos, torcedores, do sistema/mercado esportivo em si, ou mesmo de amadores praticando esportes.  Afinal, nosso “cérebro nos esportes” é o nosso cérebro em qualquer outra situação – os esportes só refletem os padrões de comportamento cognitivos observados. Bem bacana e de fácil leitura!

O Projeto Desfazer: a amizade que mudou nossa forma de pensar
Michael Lewis
Intrínseca, 2017
(do original: The Undoing Project)

Recebi este livro de um amigo, que sabia da minha paixão pela economia comportamental. E este é justamente o principal tema da obra: a amizade. Também fala sobre a economia comportamental, lógico, mas muito pela perspectiva de como se deu a relação de Daniel Kahneman e Amos Tversky. Ambos são considerados os “pais fundadores” da área, pelos seus trabalhos revolucionários da psicologia na década de 70, fazendo a primeira aproximação com a economia. É muito interessante porque o livro trabalho o lado humano da amizade destes dois gênios e você, de certa forma, se aproxima dos dois e de seus universos fascinantes.

O Gorila Invisível e outros equívocos da intuição
Christopher Chabris e Daniel Simons
Rocco, 2011
(Do original: The Invisible Gorilla: How our Intuitions Deceive Us)

Em um famoso experimento sobre cognição algumas décadas atrás, feito com estudantes universitários, os participantes falharam em perceber algo impactante que ocorria diante dos seus olhos: a aparição de um gorila gigante. Explicando melhor (porque a princípio pode ser difícil entender o que o primata fazia em uma aula de psicologia da universidade de Harvard), tratava-se de um estudante, fantasiado de gorila, que passava em meio a um vídeo onde as pessoas cruzavam passes de basquete, batia no peito – bem alá Tarzan – e saia de cena. Os participantes do experimento simplesmente não notaram essa peculiaridade ao assistirem. Este estudo acabou revolucionando as pesquisas sobre atenção e cognição. O livro fala justamente sobre este recurso escasso, e as implicações que isto tem nas nossas vidas.

O Animal social
David Brooks
Objetiva, 2014
(Do original: The Social Animal)

Brooks relata a história de sucesso de duas personagens, o casal Harold e Erica, desde sua pré-concepção até o envelhecimento. O autor recheia a trama com pesquisas de psicologia, neurociência e sociologia em com o intuito de ilustrar o processo de tomada de decisão, mesmo nas decisões e julgamentos menos conscientes, onde as emoções, intuições, desejos, das predisposições genéticas, dos traços de personalidade e normas sociais possuem um papel importante.


Thinking in Bets: making smart decisions when you don’t have all the facts  
Annie Duke
Penguin Random House, 2018 (ainda sem tradução em português)

Quantas vezes você se pega se culpando por ter feito a escolha errada? Isso acontece comigo o tempo todo. Este livro trabalha justamente o tema de que só porque sua escolha não é a “vencedora”, significa que escolhemos errado. Via Behavioral Scientist.

How Emotions Are Made: The Secret Life of the Brain
Lisa Barrett Feldman
Houghton Mifflin Harcourt, 2017 (ainda sem tradução em português)

O livro agrega as últimas pesquisas de neurociências sobre como as emoções são formadas, desmentindo muitos dos pressupostos comumente assumidos. Via Behavioral Scientist.

Subliminar: como o inconsciente influencia nossas vidas
Leonard Mlodinow
Zahar, 2014
(Do original: Subliminal: How Your Unconscious Mind Rules Your Behavior)

Do mesmo autor de O andar do bêbado, o livro fala sobre os aspectos inconscientes que modelam nossas escolhas. Parafraseando Carl Jung, com a citação que aparece logo no prefácio do livro: “os aspectos subliminares de tudo o que acontece conosco pode parecer pouco importante na vida cotidiana, … (mas) são as raízes quase invisíveis de nossos pensamentos conscientes.”

The Last Mile
Dilip Soman
University of Toronto Press, 2015 (ainda sem tradução em português)

O livro aborda as temáticas das intervenções comportamentais nas políticas públicas que dizem respeito aos comportamentos de “última milha” ou “reta final”. Este tipo de comportamento se trata de situações onde a maior parte da solução já existe (ex. Tecnologia, conhecimento) e falta apenas uma pequena coisa para garantir a eficácia. Por exemplo, doenças como diabetes, onde o tratamento (a parte mais custosa e difícil) já existe, mas muitas vezes os pacientes falham em tomar seus remédios. Vale a leitura!


Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *