Leituras do dia

Indicações | Políticas Públicas

Por Flora Finamor Pfeifer em setembro 4, 2018

Este ano faz 10 anos que Cass Sunstein e Richard Thaler lançaram o livro Nudge, sugerindo e sistematizando uma nova forma de trabalhar a arquitetura de escolha nas políticas públicas.  De lá pra cá, diversos centros políticos utilizaram das ciências comportamentais para aplicar intervenções nas sociedades.  O site Behavioral Scientist preparou um especial, agora no mês de setembro, com artigos sobre o tema. Destaque para o texto de Tânia Ramos e João Matos, da CLOO, que abordam as limitações a as alternativas ao RCTs, os experimentos de campo randomizados – método mais utilizado para avaliação das intervenções comportamentais no momento.

O site B-HUB tem uma interface que agrega intervenções de 26 organizações, em 20 países, sendo possível filtrá-las por região, área, tipo de aplicação, etc. Eles ainda tem uma seção com “checklists” por tipo de intervenção, com princípios gerais que já tem a eficácia consolidada.

No livro “The Last Mile” (A última milha), Dilip Soman fala sobre os problemas que ocorrem no estágio final, onde desejos e planos devem tornar-se ações. Confira aqui uma entrevista bem bacana com o autor, também no Behavioral Scientist.

A economia da crise e a crise da economia. Em artigo para a revista Krisis, de 2010, Floris Heukelom e  Esther-Mirjam Sent falam sobre como a crise econômica de 2008, originada no mercado imobiliário americano, abre espaço para novas correntes na economia. Discorrem ainda sobre lições que a economia comportamental identifica no episódio – e comentam sobre uma possível solução.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *